Cuidado em saúde: autonomia da pessoa durante o tratamento quimioterápico com drogas orais auto administradas

  • Milena Quaresma lopez
  • Florence Romijn Tocantins
  • Laísa Figueiredo Lós de Alcântara
  • Sônia Regina de Sousa
  • Ana Cristina da Silva Pinto

Resumo

RESUMO Identificar a autonomia das pessoas em tratamento com fármacos quimioterápicos antineoplásicos autoadministrados por via oral como cuidado em saúde. Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, apoiado na Fenomenologia Sociológica de Alfred Schutz. Participaram do estudo sete pessoas atendidas no ambulatório de oncologia de uma instituição federal do Rio de Janeiro. A coleta de dados ocorreu no período de agosto de 2016 a janeiro de 2017, e utilizou a entrevista fenomenológica semiestruturada, norteada por um roteiro. A análise foi baseada nos conceitos da fenomenologia sociológica de Alfred Schutz. Há perda da autonomia das pessoas deste grupo ao caminhar pela vida e a crescente dependência dessas pessoas sendo esta uma oportunidade de atuação da equipe de Enfermagem para o desenvolvimento da autonomia. Palavras-chave: Enfermagem; Autonomia Pessoal; Tratamento Farmacológico; Antineoplásicos.

Publicado
2019-07-09
Como Citar
LOPEZ, M. Q.; TOCANTINS, F. R.; ALCÂNTARA, L. F. L. DE; SOUSA, S. R. DE; PINTO, A. C. DA S. Cuidado em saúde: autonomia da pessoa durante o tratamento quimioterápico com drogas orais auto administradas. Revista Enfermagem Atual InDerme, v. 88, n. 26, 9 jul. 2019.