AUTONOMIA DO ENFERMEIRO NO TRATAMENTO DE FERIDAS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2024-v.98-n.2-art.1635

Palavras-chave:

Cuidados de Enfermagem, Ferimentos e Lesões, Autonomia Profissional, Cicatrização de Feridas

Resumo

OBJETIVO: Levantar as produções científicas sobre a autonomia do enfermeiro frente ao tratamento de feridas. METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão integrativa realizada em setembro de 2022, na biblioteca virtual em saúde, utilizando os descritores: Cuidados de Enfermagem; Ferimentos e Lesões; Autonomia Profissional e Cicatrização de Feridas. Buscou-se artigos publicados entre 2010 e 2022 que abordassem sobre o tema do estudo.  RESULTADOS: Foram selecionados 05 artigos a partir das bases de dados: LILACS e BEDENF.  Foram Organizados em duas categorias para analise: Atuação e Autonomia do Enfermeiro frente ao processo de tratamento e recuperação de feridas e Autonomia fundamentada na legislação do exercício profissional para o tratamento de feridas. Apesar de existirem resoluções que abordam a autonomia dos profissionais de enfermagem relacionadas ao tratamento de feridas, muitos enfermeiros desconhecem as leis de seu próprio conselho. CONCLUSÃO: Sugere-se mais publicações nesta área que está em constante desenvolvimento e crescimento, pois o Enfermeiro tem papel de destaque na elaboração de protocolos e na avaliação, seleção e indicação de novas tecnologias de prevenção e tratamento de pessoas com feridas.

 

Palavras- Chaves: Cuidados de Enfermagem; Ferimentos e Lesões; Autonomia Profissional; Cicatrização de feridas .

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Resolução Cofen nº 564, de 6 de novembro de 2017. Aprova o novo Código de Ética dos Profissional de Enfermagem. [Internet]. Diário Oficial da União. Brasília; 13 fev 2007 [cited 2024 Mar 26]. Seção I. Available from: https://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-5642017/.

Silva VS. Autonomia do enfermeiro no tratamento de feridas crônicas no âmbito hospitalar: uma revisão integrativa [dissertação]. Salvador: Universidade Católica do Salvador; 2019 [cited 2024 Mar 26]:20. Available from: http://ri.ucsal.br:8080/jspui/bitstream/prefix/938/1/VANESSASANTOS.pdf

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Resolução Cofen nº 567, de 29 de janeiro de 2018. Regulamenta a atuação da Equipe de Enfermagem no Cuidado aos pacientes com feridas. [Internet]. 29 jan 2018 [cited 2024 Mar 26]. Available from: https://www.cofen.gov.br/resolucao-cofenno-567-2018/.

Filho S, Duque CB, Yarid SD, Vitório E, Sena S, Narriman R. Autonomia do enfermeiro no cuidado à pessoa com lesão crônica. Rev Bioética (Online) [Internet]. 2021 Jul 1 [cited 2024 Mar 26];29(3):481–6. Available from: https://www.scielo.br/j/bioet/a/9ShV9SPwrLpwDGLhSL8MfWS/ DOI: https://doi.org/10.1590/1983-80422021293484

Hermann AP, Fentanes LRC, Chamma RDC, Lacerda MR. Autonomia profissional do enfermeiro: revisão integrativa. Cogitare Enferm [Internet]. 2011 Sept 30 [cited 2024 Mar 25];16(3). Available from: http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/24227 DOI: https://doi.org/10.5380/ce.v16i3.24227

Brum MLB, Poltronieri A, Adamy EK, Krauzer IM, Schmitt MD. Protocolo de assistência de enfermagem a pessoas com feridas como instrumento para autonomia profissional. Rev Enferm UFSM [Internet]. 2015 Apr 6 [cited 2024 Mar 26];5(1):50-7. Available from: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/1517 DOI: https://doi.org/10.5902/2179769215177

Glycia AN, Camacho ACLF, Oliveira BRB, Santana RF, Silva RCL, Cardoso RSS, et al. Diagnósticos, resultados e intervenciones de enfermería en la asistencia ambulatoria al paciente con úlcera venosa. Rev Cubana Enfermería [Internet]. 2020 [cited 2024 Apr 6];36(2). Available from: https://revenfermeria.sld.cu/index.php/enf/article/view/3169/582

Mendes KDS, Silveira RCDCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2008 Dec 1 [cited 2024 Apr 6];17(4):758–64. Available from: https://www.scielo.br/j/tce/a/XzFkq6tjWs4wHNqNjKJLkXQ DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018

Vieira CZ, Oliveira BGRB, Valente GSC. Education and autonomy of nurses in the prevention and treatment of wounds. Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) [Internet]. 2º de outubro de 2013 [cited 2024 Mar 25];5(4):706-15. Available from: https://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/2352 DOI: https://doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i4.706-715

Pereira R, Lima, Rayanne C, Maria S, Maria S, Silva EP, et al. Ações de enfermagem na atenção ao portador de feridas na atenção básica em saúde. Nursing (Ed bras, Impr) [Internet]. 2021 [cited 2024 Apr 6];5544–55. Available from: http://www.revistas.mpmcomunicacao.com.br/index.php/revistanursing/article/view/1196. DOI: https://doi.org/10.36489/nursing.2021v24i275p5544-5555

Santos FOF, Montezeli JH, Peres AM. Autonomia profissional e sistematização da assistência de enfermagem: percepção de enfermeiros. REME Rev Min Enferm [Internet]. 2012 Jul 1 [cited 2024 Mar 26];16(2). Available from: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/50309

Santos YRA, Gomes AMT, Ramos RS, Silva ACSS, Espirito Santo CC. Representações sociais da autonomia profissional do enfermeiro para profissionais de saúde não enfermeiros. Rev Enferm UERJ [Internet]. 2015 Sep 29 [cited 2024 Apr 6];23(4). Available from: https://www.e-publicacoes.uerj.br/enfermagemuerj/article/view/17944 DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2015.17944

Publicado

06-04-2024

Como Citar

1.
Magalhaes A da R, Braga Sportitsch A, Matos Abreu A. AUTONOMIA DO ENFERMEIRO NO TRATAMENTO DE FERIDAS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 6º de abril de 2024 [citado 23º de junho de 2024];98(2):e024282. Disponível em: http://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/1635

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL