Efeitos da oxigenoterapia em neonatologia: revisão integrativa de literatura

Effects of oxygenotherapy in neonatology: integrating literature review

  • Leticia Gramazio Soares
  • Jorge Marcelo Sauka
  • Ieda Harumi Higarashi
  • Larissa Gramazio Soares
  • Larissa Carolina Segantini Filipin
  • Roberta Tognollo Borotta Uema

Resumo

Objetivo: Buscar evidências na literatura sobre os efeitos da utilização de oxigenoterapia em neonatologia. Método: Revisão integrativa realizada em janeiro de 2017, com busca nas bases de dados: Pubmed, Lilacs, Scielo e Web of Science.
Resultados: Identificaram-se dezesseis artigos e, após análise, emergiram duas categorias: Patologias relacionadas ao uso da
oxigenoterapia em neonatologia e fatores de risco associados ao uso de oxigênio no período neonatal. Conclusão: O uso
do oxigênio em neonatos apresenta-se como um paradoxo, caracterizado por um lado, pelo seu efeito lesivo, e por outro,
pelo reconhecimento de seu papel indispensável na correção da hipóxia. Quanto mais longo o tempo em oxigenoterapia,
em todas as suas formas, e maior a fração de oxigênio inspirado, maiores são as chances para o desenvolvimento de problemas nos recém-natos. Há necessidade de maior envolvimento dos profissionais no manejo do oxigênio, bem como de
ampliar a produção de conhecimento nessa área de modo a subsidiar a prática baseada em evidências.
Descritores: Recém-nascido; Oxigenoterapia; Neonatologia; Oxigênio.


ABSTRACT
Objective: To search for evidence in the literature about the effects of oxygen therapy in neonatology. Method: Integrative
review conducted in January 2017, with search in databases: PubMed, Lilacs, Scielo and Web of Science. Results: Sixteen
articles were identified and, after analysis, two categories emerged: Pathologies related to the use of oxygen therapy in
neonatology and risk factors associated with the use of oxygen in the neonatal period. Conclusion: The use of oxygen
in newborns presents a paradox, characterized by its harmful effect and by the recognition of its indispensable role in
the correction of hypoxia. The longer the time in oxygen therapy, in all its forms, and the greater the fraction of inspired
oxygen, the greater the chances for the development of problems in newborns. There is a need for greater involvement of
professionals in oxygen management, as well as to increase the production of knowledge in this area in order to subsidize
the practice based on evidence.
Keywords: Newborn; Oxygen therapy; Neonatology; Oxygen.

Publicado
2019-04-08