DEPENDÊNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM E RISCO DE QUEDA EM ADOLESCENTES INTERNADOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2024-v.98-n.2-art.2179

Palavras-chave:

Enfermagem, Saúde do Adolescente., Segurança do Paaciente, Hospitalização., Escalas

Resumo

Objetivo: avaliar a dependência do cuidado de enfermagem e risco de queda em adolescentes internados. Métodos: Estudo de corte transversal, descritivo, quantitativo, realizado numa enfermaria especializada na saúde do adolescente, de um hospital universitário no Estado do Rio de Janeiro. A amostra foi composta por 47 adolescentes hospitalizados, a partir de critérios de inclusão e exclusão. A coleta foi realizada de junho a setembro de 2023, por meio de avaliação direta dos pacientes, prontuários e impressos. Foram analisadas as variáveis: sociodemográficas, clínicas, risco de quedas pela Escala de Morse e grau de dependência para o cuidado de enfermagem pela Escala de Fugulin. Os dados foram analisados através de estatística descritiva simples. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa. Resultados: a amostra correspondeu a 47 adolescentes, com predomínio do sexo feminino (57,4%), com idades entre 12 e 17 anos, predominando a internação por tratamento do diagnóstico principal (57,4%); (68,1%) não apresentavam comorbidades associadas. Na avaliação inicial pela Escala de Fugulin houve predomínio dos cuidados mínimos em (78,7%) e baixo risco de queda em (76,6%). Contudo, ao longo do tempo de internação houve variação do grau de dependência de cuidados e do risco de queda dos adolescentes. Dentre os motivos de saída (95,8%) foram por alta, e o tempo médio de permanência dos adolescentes foi de 5,93 dias. Conclusão: A utilização das escalas pela enfermagem traz evidências que podem auxiliar na tomada de decisão do enfermeiro e sua equipe, a fim de tornar o cuidado de enfermagem mais humano e seguro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yasmin Porto Judice, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Residente de Enfermagem do Programa de Residência de Enfermagem em Saúde do Adolescente.

Dayana Carvalho Leite, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Enfermeira da Enfermaria do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente.

Priscila Cristina da Silva Thiengo de Andrade, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Faculdade de Enfermagem UERJ.

Ellen Marcia Peres, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora. Docente da Faculdade de Enfermagem UERJ.

Carolina Cabral Pereira da Costa, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente de Enfermagem da Faculdade de Enfermagem UERJ.

Carollyne Rodrigues Souza Lage, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Residente de Enfermagem do Programa de Residencia de Enfermagem em Saúde do Adolescente.

Gabriela Porto Salles de Assis, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Mestre em Enfermagem

Referências

Brasil. Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 529, de 1º de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [Internet]. Diário Oficial da União. Brasília-DF, p. 43, 2 abr 2013 [acesso 2019 Mar 03]. Seção 1. Disponível: https://bit.ly/2htwq8y

Fugulin FMT, Gaidzinski, RR, Kurcgant, P. Sistema de classificação de pacientes: identificação do perfil assistencial dos pacientes das unidades de internação do HU-USP. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. 2005 [cited 2023 Ago 10]; (13):72-78. Doi: https://doi.org/10.1590/S0104-11692005000100012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692005000100012

Santos F, Rogenski NMB, Baptista CMC, Fugulin FMT. Sistema de classificação de pacientes: proposta de complementação do instrumento de Fugulin et al. Rev Latino-Am. Enfermagem. [Internet]. 2007 [cited 2023 Ago 10] (15)5. Available from: https://www.scielo.br/j/rlae/a/fSf3XdRSV6JjyPks3qDGRYd/?format=pdf&lang=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692007000500015

Rufino AS, Rocha BMM, Castro JPR, Nascimento JSG, Silva MB. Classificação de pacientes segundo o grau de dependência da equipe de enfermagem. Rev. Enferm. Atenção. Saúde. [internet]. 2015 [cited 2022 Jul 06] (4)2: 5-19. Available from: https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/enfer/article/view/1012/pdf. DOI: https://doi.org/10.18554/2317-1154v4n2p5

Siqueira CP, Figueiredo KC, KhalafI DK, WallI ML, Barbosa SFF, Pol TA. Segurança do paciente em uma unidade de pronto atendimento: planejamento de ações estratégicas. Rev. Enferm. UERJ [Internet]. 2021 [cited 2022 Ago 21] (29); e-55404. Doi: https://doi.org/10.12957/reuerj.2021.55404. DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2021.55404

Souza MM. et al. Cultura de segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde. Rev. Bras. Enferm [Internet]. 2019 [cited 2022 Ago 21] (72)1 Available from: https://www.scielo.br/j/reben/a/NcKsSHnLrQv4WhF9GDf5cKd/?lang=pt#.

Gâmbaro L, Rossi SG, Simonetti SH. Aplicabilidade da escala de Fugulin: uma revisão integrativa. Research, Society and Development. [Internet]. 2023 [cited 2023 Out 07] (12)3: e24212340702. 2023. Doi: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v12i3.40702. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v12i3.40702

Silva KS, Echer IC, Magalhães AMM. Grau de dependência dos pacientes em relação à equipe de enfermagem: uma ferramenta de gestão. Escola Anna Nery [Internet]. 2016 [cited 2022 Ago 27] (20)3; e20160060. Doi: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160060. DOI: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160060

Brasil. Resolução COFEN nº 543/2017, de 15 de maio de 2017. Atualiza e estabelece parâmetros para o Dimensionamento do Quadro de Profissionais de Enfermagem nos serviços/locais em que são realizadas atividades de enfermagem [Internet]. 2017. [cited 2023 Aug 10]. Available from: https://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-5432017/| Cofen.

Vieira CPB, Gomes BC, Marinho GB, Avelino FVSD, Galiza FT. Fatores associados ao risco de queda em idosos hospitalizados. Rev. Enferm. Atual. In. Derme [Internet]. 2022 [cited 2022 Jul 06] (96)38; e-021258. Doi: https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1370. DOI: https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1370

Morais FS, Herold FL, Silva AP, Rotta ALO, Souza LP, Machado TS, Urbanetto JS. Análise da convergência entre o risco de quedas e a dependência dos cuidados de enfermagem. Enferm. Foco. [Internet]. 2021 [cited 2022 Ago 27] (12)3. Doi: 10.21675/2357-707X.2021. DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n3.4406

Ministério da Saúde (BR). Metas Internacionais de Segurança do Paciente Brasil. [Internet]. [Brasília-DF]: Ministério da Saúde; 2021 Abr 15 [cited 2023 Out 07] Available from: https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-sudeste/hc-ufmg/saude/metas-internacionais-de-seguranca-do-paciente/metas-internacionais-de-seguranca-do-paciente.

Dornelles C, Aguiar JRV, Matos MB, Prado ARA As quedas de pacientes no ambiente hospitalar entre anos de 2009 a 2019: uma revisão integrativa. Rev. Urug. Enferm [Internet]. 2022 [cited 2023 Ago 22 (17)1: e2022v17n1a11. Doi: https://10.33517/rue2022v17n1a11.

Ministério da Saúde (BR). Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS). [Internet]. [Brasília-DF]: Ministério da Saúde; 2023 [cited 2023 Set 11]. Available from: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sih/cnv/sxuf.def.

Fernandes LS, Fernandes GAB, Reis VN, Gazola PRF, Dutra HS. Avaliação da complexidade da assistência de enfermagem em unidade de internação clínica. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 2022 [cited 2023 Ago 10]; 96(39): e-021292, 2022. Available from: https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.39-art.1396.

Vieira GLC, Campos IML, Fernandes BSM, Ladeira AG, Pimenta EF. Quedas entre crianças e adolescentes internados em hospitais: revisão integrativa de literatura. Rev Enferm Centro-Oeste Mineiro [Internet]. 2019 [cited 2023 Out 23] (9). Doi: 10.19175/recom.v9i0.2709. DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v9i0.2709

Luzia MF, Cassola TP, Suzuki LM, Dias VLM, Pinho LB, Lucena AF. Incidência de quedas e ações preventivas em um Hospital Universitário. Rev. esc. enferm [Internet]. 2018 [cited 2023 Out 21]. Doi: https://doi.org/10.1590/S1980-220X2017024203308. DOI: https://doi.org/10.1590/s1980-220x2017024203308

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Proteger e cuidar da saúde de adolescentes na atenção básica, [Internet]. [Brasília-DF]: Ministério da Saúde; 2017 [cited 2023 Out 01]. Available from: http://repositorio.asces.edu.br/bitstream/123456789/1944/1/BRASIL%202017%20proteger_cuidar_adolescentes_atencao_basica.pdf.

Ministério da Saúde (BR). Banco de dados do Sistema Único de Saúde-DATASUS. [Internet]. [Brasília-DF]: Ministério da Saúde; 2023 [cited 2023 Set 11]. Available from: http://www.datasus.gov.br.

Publicado

20-04-2024

Como Citar

1.
Porto Judice Y, Carvalho Leite D, da Silva Thiengo de Andrade PC, Peres EM, Cabral Pereira da Costa C, Rodrigues Souza Lage C, Porto Salles de Assis G, Gomes HF. DEPENDÊNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM E RISCO DE QUEDA EM ADOLESCENTES INTERNADOS. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 20º de abril de 2024 [citado 23º de junho de 2024];98(2):e024298. Disponível em: http://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/2179

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL