INSTRUMENTOS PARA RASTREIO DE ANOMALIAS CONGÊNITAS: PROTOCOLO DE REVISÃO ESCOPO

Autores

Palavras-chave:

Profissionais de Saúde, Anomalias congênitas, Recursos Materiais em Saúde

Resumo

Objetivo: Mapear os materiais disponíveis na literatura sobre a identificação das anomalias congênitas com potencial de informar os profissionais de saúde. Método: Protocolo de revisão de escopo elaborado conforme a abordagem do Instituto Joanna Briggs (JBI). Como questão norteadora de pesquisa, utilizou-se: Quais os materiais disponíveis na literatura científica que podem ser utilizados pelos profissionais de saúde na identificação das anomalias congênitas? Para tanto as bases de dados Web of Science (WoS), National Library of Medicine National Institutes of Health (PubMed central), Cochrane Database of Systematic Reviews (COCHRANE), Scopus, da Editora Elsevier e Current Nursing and Allied Health Literature (CINAHL) serão consultadas, além de fontes de literatura cinzenta e institucional. Dois revisores independentes participarão da seleção dos estudos, cuja avaliação ocorrerá com a leitura dos títulos e resumos, seguindo os critérios de elegibilidade estabelecidos. Um terceiro revisor resolverá possíveis conflitos de seleção, caso necessário. Os resultados da busca e do processo de seleção de estudos serão exibidos no fluxograma Preferred Reporting Items  for  Systematic  reviews  and Meta-Analyses  extension  for  Scoping  Reviews (PRISMA-ScR). Resultados: Os dados serão analisados e apresentados em tabelas, quadros e fluxogramas. Este protocolo está registrado na plataforma Open Science Framework (OSF): osf.io/w3jzm.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

World Health Organization. Congenital disorders [Internet]. Geneva: WHO; ©2024. [citado 2024 Mar 25]. Available from: https://www.who.int/health-topics/congenital-anomalies

Ministério da Saúde (BR). Boletim epidemiológico: Análise da situação epidemiológica das anomalias congênitas no Brasil, 2010 a 2021 [Internet]. Brasília-DF: Ministério da Saúde; 2023 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/boletins/epidemiologicos/edicoes/2023/boletim-epidemiologico-volume-54-no-03/

Ministério da Saúde (BR). Guia prático: Diagnóstico de anomalias congênitas no pré-natal e ao nascimento [Internet]. Brasília-DF: Ministério da Saúde; 2022 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: http://plataforma.saude.gov.br/anomalias-congenitas/guia-pratico-anomalias-congenitas.pdf

World Health Organization. Congenital disorders: key facts [Internet]. Geneve: WHO; 27 Feb 2023 [cited 2024 Mar 25]. Available from: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/birth-defects

Cardoso-dos-Santos AC, Magalhães VS, Medeiros-de-Souza AC, Bremm JM, Alves RFS, Araujo VEMD, et al. Redes internacionais de colaboração para a vigilância das anomalias congênitas: uma revisão narrativa. Epidemiol Serviços Saúde [Internet]. 2020;29 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000400003

Ministério da Saúde (BR). Saúde Brasil 2020/2021: anomalias congênitas prioritárias para a vigilância ao nascimento [Internet]. Brasília-DF: Ministério da Saúde; 2022 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2022/06/1373344/saude-brasil_anomalias-congenitas_26out21.pdf

Moreira TMM. Produção tecnológica e inovações na área da saúde. REDCPS [Internet] 2023;8 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://doi.org/10.5935/2446-5682.2023.v8.Editorial02

De Paiva LFR, Laranjo RB, De Castro Filho RG, Paiva AP. Sistemas de informação aplicados à área da saúde. Braz J Develop [Internet]. 2023;9:14521–33 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv9n5-004

Aromataris E, Munn Z, Joanna Briggs Institute. JBI manual for evidence synthesis [Internet]. Adelaide, Australia: Joanna Briggs Institute; 2020 [citado 2024 Mar 25]. Disponível em: https://jbi-global-wiki.refined.site/space/MANUAL

Peters MDJ, Godfrey C, McInerney P, Khalil H, Larsen P, Marnie C, et al. Best practice guidance and reporting items for the development of scoping review protocols. JBI Evidence Synthesis [Internet]. 2022;20:953–68 [Citado em 25 Março 2024]. Doi: https://doi.org/10.11124/JBIES-21-00242

Tricco AC, Lillie E, Zarin W, O’Brien KK, Colquhoun H, Levac D, et al. PRISMA Extension for Scoping Reviews (PRISMA-ScR): Checklist and Explanation. Ann Intern Med [Internet] 2018;169:467–73 [citado 2024 Mar 25]. Doi: https://doi.org/10.7326/M18-0850

Publicado

25-05-2024

Como Citar

1.
da Silva dos Santos AC, Moura Silva JG, Lima da Silva H, Costa Maia Dias IC. INSTRUMENTOS PARA RASTREIO DE ANOMALIAS CONGÊNITAS: PROTOCOLO DE REVISÃO ESCOPO. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 25º de maio de 2024 [citado 23º de junho de 2024];98(2):e024317. Disponível em: http://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/2237

Edição

Seção

REVISÃO DE ESCOPO