Vivências da família do neonato internado em unidade de terapia intensiva

Family experiences of the neonate hospitalized in a intensive therapy unit

Palavras-chave: Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Recém Nascido, Família, Enfermagem Pediátrica, Revisão

Resumo

Conhecer a produção científica acerca da vivência das mães e dos familiares frente à internação da criança na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica, Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Base de Dados de Enfermagem e Index Psicologia Periódicos Técnico Científicos e, norteada pela seguinte questão: O que vem sendo produzido sobre a vivência das mães e familiares frente à internação do filho na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal? Resultados: Foram selecionados 24 estudos, os quais foram classificados e analisados de acordo com as seguintes categorias: Sentimentos envolvidos na internação do filho na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Familiarização com a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: o ambiente e o impacto das informações recebidas. Conclusão: Evidenciou-se a importância da rede de apoio e da equipe de enfermagem na garantia de suporte ao neonato e aos pais e familiares com a finalidade de reduzir os sentimentos negativos de tristeza e desemparo relacionados a esta situação, vivenciada por meio do cuidado humanizado.

Biografia do Autor

Nathalya Pereira Exequiel, Universidade Federal de Pelotas

Graduanda em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas / UFPel. Pelotas (RS), Brasil.

Viviane Marten Milbrath, Universidade Federal de Pelotas

Doutora em Enfermagem, Faculdade de Enfermagem e Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas/ PPGEnf/ UFPel.

Ruth Irmgard Bärtschi Gabatz, Universidade Federal de Pelotas

Doutora em Ciências da Saúde, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas / UFPel. Pelotas (RS), Brasil

Jéssica Cardoso Vaz, Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas/ PPGEnf/ UFPel. Pelotas (RS), Brasil

Bárbara Hirschmann, Universidade Federal de Pelotas

Graduanda em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas / UFPel. Pelotas (RS), Brasil.

Roberta Hirschmann, Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda em Epidemiologia pelo Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia, Universidade Federal de Pelotas / PPGE / UFPel. Pelotas (RS), Brasil.

Publicado
2019-09-27
Como Citar
EXEQUIEL, N.; MILBRATH, V.; GABATZ, R.; VAZ, J.; HIRSCHMANN, B.; HIRSCHMANN, R. Vivências da família do neonato internado em unidade de terapia intensiva. Revista Enfermagem Atual InDerme, v. 89, n. 27, 27 set. 2019.