Adesão às práticas seguras na atenção ao parto

Adherence to safety childbirth care practices

Palavras-chave: Serviços de Saúde Materno-Infantil; Segurança do Paciente; Estudo Observacional; Time Out na Assistência à Saúde; Lista de Checagem., Maternal and Child Health Services; Patient safety; Observational study; Time Out in Health Care; Check list.

Resumo

Objetivo: Investigar a adesão às práticas seguras, pelos profissionais da saúde, durante o parto. Método: Estudo descritivo, transversal de abordagem quantitativa, desenvolvido nos meses de agosto a outubro de 2018, em um hospital de nível terciário e de ensino no Nordeste brasileiro. Participaram da pesquisa os profissionais da saúde, de plantão na sala de parto, durante o período da coleta dos dados. A coleta de dados foi realizada por meio do Instrumento de Observação para Partos Seguros da OMS para monitorizar a aplicação das práticas essenciais antes da expulsão e logo após o parto. Resultados:  Os resultados permitiram identificar taxas satisfatórias de boas práticas de segurança do paciente conforme recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Considerou-se que há atitudes profissionais favoráveis à verificação de Segurança no Parto o que resulta de forma direta na redução de eventos adversos evitáveis na assistência materna e perinatal. Conclusão: O instrumento destacou-se como uma estratégia que pode fortalecer a cultura de segurança do paciente na instituição, pois permite trabalhar mais a adesão dos profissionais às práticas seguras, e requer contínuo treinamento dos profissionais para melhores resultados.

Publicado
2020-06-29
Como Citar
CARVALHO, L.; OLIVEIRA, I.; SILVA, R. M.; ALVES, T.; FONTENELE, F. M.; CARVALHO, R. Adesão às práticas seguras na atenção ao parto. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 92, n. 30, 29 jun. 2020.