Diagnósticos de enfermagem em pacientes críticos com risco de lesão por pressão

Nursing diagnoses in critical patients at risk of pressure injury

Palavras-chave: Enfermagem; Lesão por pressão; Diagnóstico de Enfermagem; Unidade de terapia intensiva.

Resumo

Objetivo: descrever o perfil dos diagnósticos de enfermagem da CIPE® em pacientes com risco de desenvolver Lesão por Pressão (LP). Método: estudo exploratório, de corte transversal e abordagem quantitativa, realizado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital privado no nordeste brasileiro. Foram analisados 40 pacientes internados no período de janeiro a maio de 2017. Os termos identificados nos registros de enfermagem foram alocados numa planilha contendo os sete eixos presentes na CIPE® versão 2017 seguido dos respectivos termos. Resultados: foram encontrados 19 Diagnósticos de Enfermagem (DE) os mais frequentes foram: Termorregulação Prejudicada (75%), Autocuidado da pele ausente (72%), Barreira na comunicação presente (72%), Dependência de sedação (72%). Alguns termos necessitaram de aproximação por serem sinônimos ou estarem ausentes na versão utilizada. Conclusão: identificou-se situações clínicas dos pacientes com risco em desenvolver LP, representadas por 19 DE passíveis de intervenções, contribuindo para implementação de cuidados à população estudada.

Biografia do Autor

Ítalo Arão Pereira Ribeiro, Me., Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (PPGEnf/UFPI)
Doutorando e Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (PPGEnf/UFPI) (bolsista CAPES) (2017-2018). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Trabalho (GEPSAMT). Representante dos discentes (mestrado) do PPGEnf/UFPI durante o período letivo de 2017. Especialização em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental pela Faculdade Unyleya. Especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Evangélica do Meio Norte - FAEME (2011), MBA Auditoria em Serviços de Saúde pela UNINTER (2013) e Graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí - UNINOVAFAPI (2010). Possui experiência profissional como docente de nível médio e profissionalizante no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC, no curso Técnico em Enfermagem pela Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Piauí - SEDUC e PRONATEC,Tutor/Professor no curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde pela Rede e-Tec Brasil/UFPI e Tutor presencial no curso de Especialização em Saúde da Família pelo Centro de Educação à Distância - CEAD da Universidade Federal do Piauí - UFPI. Experiência assistencial como Enfermeiro da Estratégia de Saúde da Família - ESF, Enfermeiro do Programa Melhor em Casa, Coordenador de Enfermagem e RT no Serviços de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192 e Enfermeiro Plantonista e Enfermeiro Executor da CCIH no Hospital Regional José Senador Cândido Ferraz - HRSCF, ambos no município de São Raimundo Nonato - PI; Tutor/Orientador do curso de Especialização Gestão em Saúde do Centro de Ensino à Distância da Universidade Federal do Piauí (CEAD/UFPI); e Perceptor das disciplinas Estágio Supervisionado I ( Estratégia Saúde da Família) e Supervisionado II (Assistência hospitalar) na Faculdade UNINASSAU/Campus Redenção/Teresina-PI. Atua nas áreas de pesquisa em Saúde Mental, Álcool e outras drogas, Saúde do Trabalhador e Enfermagem. E-mail: italoaarao@hotmail.com  
Belarmino Santos de Sousa Júnior, Me., Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGEnf/UFRN)

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Potiguar (UnP). Doutorando em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN). Espacialista em Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI) FAMEC/RN. Trabalha no Centro Cirúrgico do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL/UFRN/EBSERH), é membro do Núcleo de Educação Permanente do Centro Cirúrgico (HUOL/UFRN/EBSERH). Professor da pós graduação em enfermagem dermatológica (CBPEX/PB) e Faculdade dos Guararapes (PE). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Urgência, Emergência e Terapia Intensiva (NEPET/UFRN). Tem experiência na área assistencial, com ênfase em Enfermagem dermatológica, Enfermagem Cirúrgica e Terapia Intensiva Adulto, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem dermatológica, paciente crítico, unidade de cirurgia, Lesões por Pressão, segurança do paciente, Processo de Enfermagem, educação em enfermagem, práticas e estratégias educativas. Contato: sousajunyor@gmail.com

Ana Elza Oliveira de Mendonça, Dra., Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Potiguar (UnP). Doutorando em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN). Espacialista em Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI) FAMEC/RN. Trabalha no Centro Cirúrgico do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL/UFRN/EBSERH), é membro do Núcleo de Educação Permanente do Centro Cirúrgico (HUOL/UFRN/EBSERH). Professor da pós graduação em enfermagem dermatológica (CBPEX/PB) e Faculdade dos Guararapes (PE). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Urgência, Emergência e Terapia Intensiva (NEPET/UFRN). Tem experiência na área assistencial, com ênfase em Enfermagem dermatológica, Enfermagem Cirúrgica e Terapia Intensiva Adulto, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem dermatológica, paciente crítico, unidade de cirurgia, Lesões por Pressão, segurança do paciente, Processo de Enfermagem, educação em enfermagem, práticas e estratégias educativas. Contato: sousajunyor@gmail.com

Cecília Nogueira Valença, Dra., Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Doutora em enfermagem pelo programa de pós-graduação em enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN), 2013. Coordenadora do programa de pós-graduação em saúde coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí (FACISA). Professora adjunta do curso de graduação em enfermagem da FACISA. Professora do PGENF/UFRN. Coordena o grupo de Pesquisa e Estudos em Saúde Coletiva da FACISA/UFRN. Membro do grupo de pesquisa "Caleidoscópio da Educação em Enfermagem" do Departamento de Enfermagem/UFRN. Membro do GT Bioética da ABRASCO. Atua nos seguintes temas: formação em saúde/enfermagem, saúde do trabalhador, saúde coletiva, semiologia e semiotécnica em enfermagem e bioética. 

Publicado
2020-04-06
Como Citar
RIBEIRO, ÍTALO A.; JÚNIOR, B.; DANTAS NETO, F. A.; DE MENDONÇA, A. E.; VALENÇA, C. Diagnósticos de enfermagem em pacientes críticos com risco de lesão por pressão. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 91, n. 29, 6 abr. 2020.