Acolhimento à população de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros na atenção básica

Welcoming the lesbians, gays, bisexual and transgenean population in basic care

  • Ellen Thallita Hill Araújo UNINOVAFAPI
  • Geovani Ferreira de Sousa UNINOVAFAPI
  • José Arnaldo Moreira de Carvalho Júnior NUTES/UFRJ
  • Francisco Gaunié de Sousa Pessôa FAPI, Teresina- PI
  • Luana Kelle Batista Moura UNINOVAFAPI
Palavras-chave: Acolhimento; Enfermagem; Minorias sexuais e de gênero; Atenção Básica.

Resumo

Objetivo: analisar os significados atribuídos por enfermeiros da atenção primária acerca do conhecimento e prática do acolhimento à população LGBT. Métodos: pesquisa exploratória e descritiva, de abordagem qualitativa, realizada com vinte enfermeiros que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) de uma cidade do Nordeste do Brasil. Utilizou-se um roteiro semiestruturado para entrevistas realizadas em janeiro a março de 2019. Os depoimentos transcritos foram processados no software IRaMuTeQ e analisados pela Classificação Hierárquica Descendente. Resultados: a Classificação Hierárquica Descendente permitiu a identificação e a análise dos domínios textuais em um dendograma, que ilustrou as relações entre seis classes nomeadas conforme seu conteúdo a partir de três eixos. Os significados atribuídos por enfermeiros encontraram-se ancorados na necessidade de aprimoramento para qualidade no processo de acolhimento à população LGBT. Conclusão: É preciso reconhecer que a população LGBT é não apenas formada por uma multiplicidade de orientações e identidades de gênero e investir em estudos que reforcem a ampliação das propostas de humanização do acolhimento dessa população.

Biografia do Autor

Geovani Ferreira de Sousa, UNINOVAFAPI

Enfermeiro. Pós-graduação em urgência e emergência pelo Centro Universitário

UNINOVAFAPI, Teresina (PI), Brasil.

José Arnaldo Moreira de Carvalho Júnior, NUTES/UFRJ

Enfermeiro. Doutorando em Educação em Ciências e Saúde pelo Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Saúde- NUTES/UFRJ. Rio de Janeiro/RJ, Brasil.

Francisco Gaunié de Sousa Pessôa, FAPI, Teresina- PI

Enfermeiro. Graduado em Enfermagem pela Faculdade do Piauí- FAPI. Teresina/PI, Brasil.

Luana Kelle Batista Moura, UNINOVAFAPI

Cirurgiã-Dentista. Pós-Doutora em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutora em Endodontia pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Docente Titular do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família do Centro Universitário UNINOVAFAPI. Teresina-PI-Brasil.

Publicado
2020-06-30
Como Citar
1.
Araújo ET, Sousa G, Carvalho Júnior JA, Pessôa FG de, Moura LK. Acolhimento à população de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros na atenção básica. REAID [Internet]. 30jun.2020 [citado 30nov.2020];92(30). Available from: http://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/637
Seção
ARTIGOS DE REFLEXÃO