Uso de plantas medicinais no município de Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil

Use of medicinal plants in the municipality of Rondonópolis, Mato Grosso, Brazil

  • Letícia Goulart UFMT
  • Fernanda Rocha Anjos de Oliveira Universidade Federal de Rondonópolis
  • Renata Aparecida Faria de Araújo Universidade Federal de Rondonópolis
  • Débora Aparecida da Silva Santos Universidade Federal de Rondonópolis
  • Magda de Mattos Universidade Federal de Rondonópolis
  • Ricardo Alves Olinda Universidade Estadual da Paraíba
Palavras-chave: Plantas Medicinais. Fitoterapia. Terapias Complementares.

Resumo

Objetivo: determinar a prevalência e os fatores associados ao uso de plantas medicinais no Município de Rondonópolis, estado de Mato Grosso. Método: trata-se de um estudo de base populacional com 370 indivíduos. Os dados foram coletados em visitas domiciliares por meio de um questionário semiestruturado e padronizado. Foi aplicado um modelo de regressão logística para análise multivariada, adotando-se um nível de significância de 5%. Resultados: a prevalência de uso de plantas medicinais na população estudada foi de 42,70% (n=158), sendo esta prática associada à idade acima de 60 anos (OR=1,41; IC95% 1,07-1,85) e diagnóstico de doença crônica (OR= 1,36; IC95% 1,03-1,79). As mulheres apresentaram menores prevalências de consumo de plantas medicinais (p=0,0141). As espécies vegetais mais utilizadas foram Erva-Cidreira, Hortelã e Boldo. As plantas forma consumidas preferencialmente na forma de chá. Conclusão: os resultados indicam a necessidade de adoção de ações educativas que busquem sensibilizar e conscientizar a população sobre os riscos do uso indiscriminado de plantas medicinais.

Biografia do Autor

Débora Aparecida da Silva Santos, Universidade Federal de Rondonópolis

Curso de Enfermagem

Magda de Mattos, Universidade Federal de Rondonópolis

Curso de Enfermagem

Publicado
2020-06-30
Como Citar
GOULART, L.; OLIVEIRA, F.; ARAÚJO, R.; SANTOS, D.; MATTOS, M.; OLINDA, R. Uso de plantas medicinais no município de Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 92, n. 30, 30 jun. 2020.