Cultura de segurança e notificação de eventos adversos em unidades de terapia intensiva

  • Monnyck Freire Santos Lima UFBA
  • Patrícia  Silva  Pires  Universidade Federal da Bahia
  • Valdélio Bispo Oliveira Universidade Federal da Bahia
  • Thiago de Jesus Assis Universidade Federal da Bahia
  • Ana Maria Silva Luiz Universidade Federal da Bahia
  • Gustavo Vieira Cardoso Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Palavras-chave: unidades de terapia intensiva, near miss, cultura organizacional.

Resumo

Introdução: A segurança do paciente envolve ações de prevenção e notificação de eventos adversos (EA), e deve constituir a cultura organizacional, incluindo atitudes seguras por parte da equipe, para garantir os melhores resultados possíveis ao paciente. Diante da magnitude do tema, este estudo teve como objetivo analisar a cultura de segurança da equipe de enfermagem de unidades de terapia intensiva (UTIs) de um hospital público. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, longitudinal e de abordagem quantitativa, realizado em três UTIs, de um hospital de referência no sudoeste da Bahia. A pesquisa foi realizada em três etapas, na primeira etapa, foi aplicado o Questionário de Atitudes de Segurança (SAQ); na segunda etapa, realizou-se uma atividade de intervenção, para reforçar a importância da notificação de EA; e, na terceira etapa, houve acompanhamento por dois meses dessas notificações. Resultado: os escores do SAQ estavam abaixo da média recomendada de 75 pontos, apenas o domínio satisfação do trabalho obteve escore desejável. Ao analisar as diferenças entre as categorias enfermeiro e técnico de enfermagem, houve associação estatisticamente significante para o domínio percepção do estresse (p=0,039). Após a intervenção, foram registradas 152 notificações, sendo 117 (77%) relacionadas a eventos gerenciais. Conclusão: Pode-se perceber a fragilidade no que se refere à cultura de segurança nas UTIs e a necessidade de se investigar o estresse da equipe e de promover educação permanente para a melhoria no cuidado prestado na notificação dos EA e a melhoria dos processos de trabalho.

 

Publicado
2020-08-31
Como Citar
SANTOS LIMA, M.; PIRES , P.; OLIVEIRA, V.; ASSIS, T. DE; LUIZ, A. M.; CARDOSO, G. Cultura de segurança e notificação de eventos adversos em unidades de terapia intensiva. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 93, n. 31, p. e-020034, 31 ago. 2020.
Seção
ARTIGO ORIGINAL