UM ORGANIZAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO NA ASSISTÊNCIA A CRIANÇAS COM DOENÇAS CRÔNICAS

UM ESTUDO REFLEXIVO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2024-v.98-n.2-art.2051

Palavras-chave:

Criança, Doença crônica, Atenção primária à saúde, Adolescente

Resumo

Os serviços de saúde passaram por reestruturações para tentar superar a fragmentação da assistência. Nesse contexto, insere-se a saúde da criança com doenças crônicas que está amparada pela Política Nacional de Atenção Integral da Saúde da Criança como estratégia de reorganização da Rede de Atenção. Objetivo: discutir e refletir sobre a organização das redes de atenção a saúde na assistência a crianças com doenças crônicas, dentre elas a FC. Método: Estudo teórico-reflexivo elaborado a partir da leitura crítica da Política Nacional de Atenção Integral da Saúde da Criança, nas redes de atenção do Sistema Único de saúde e em estudos científicos que discutem a temática. Desenvolvimento: A reorganização dos sistemas de saúde visa promover mudanças eficazes, acessíveis e resolutivas que perpassem pelos três níveis de assistência fortalecendo a integralidade dos serviços estimulando modificações no sistema de saúde a partir da adaptação do sistema para atender às condições crônicas, utilização da tecnologia da informação, promoção da educação permanente e continuada, coordenação, multidisciplinaridade e monitoramento de processos e resultados. Considerações finais: Permitiu reflexões sobre a assistência a essas crianças, identificação dos gargalos assistenciais e de acesso, além de estratégias para enfrentamento desses problemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Damaceno AN, Lima MAD da S, Pucci VR, Weiller TH. Redes de atenção à saúde: uma estratégia para integração dos sistemas de saúde. Revista de Enfermagem da UFSM. 2020;10(14):1-14. DOI: https://doi.org/10.5902/2179769236832

Ministério da Saúde (BR). Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança; 2018. Disponível em: https://central3.to.gov.br/arquivo/494643/

Ministério da Saúde (BR). Portaria Conjunta no 08, de 15 de agosto de 2017; 2017. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/protocolos-clinicos-e-diretrizes-terapeuticas-pcdt/arquivos/2017/fibrose-cistica-2013-manifestacoes-pulmonares-e-insuficiencia-pancreatica-pcdt.pdf

Silva ME de A, Reichert AP da S, Souza SAF de, Pimenta EAG, Collet N. Doença crônica na infância e adolescência: vínculos da família na rede de atenção à saúde. Texto & Contexto - Enfermagem. 2018;27(2):1-11. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-070720180004460016

Therrien J. Novos contextos da pós-graduação em educação: uma reflexão sobre parâmetros que permeiam a formação para o saber profissional. Encontro de pesquisa educacional do Norte e Nordeste. Natal: EPENN; 2014. 1-22.

Mendes EV. As redes de atenção à saúde. Ciência & Saúde Coletiva. 2011;15(5):2297–2305. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000500005

Cabral D da S, Nascimento MC do, Miranda TPS, Júnior SI da S, Bittencourt F, Silva SA da. Evaluation of healthcare networks by nurses in the Family Health Strategy. Revista da Escola de Enfermagem da USP. 2020; 54:e03589:1-8. DOI: https://doi.org/10.1590/S1980-220X2018048703589

Tofani LFN, Furtado LAC, Guimarães CF, Feliciano DGCF, Silva GR da, Bragagnolo LM, et al. Caos, organização e criatividade: revisão integrativa sobre as Redes de Atenção à Saúde. Ciência & Saúde Coletiva. 2021;26(10):4769–4782. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-812320212610.26102020

Silva ME de A, Reichert AP da S, Souza SAF de, Pimenta EAG, Collet N. Doença crônica na infância e adolescência: vínculos da família na rede de atenção à saúde. Texto & Contexto - Enfermagem. 2018;27(2):1-11. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-070720180004460016

Leite NKF. Itinerário clínico e terapêutico de crianças e adolescentes com encefalopatia crônica e disfunções pulmonares [undergraduate thesis]. Paraíba: Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal da Paraíba; 2018. 58p

Publicado

09-06-2024

Como Citar

1.
Sousa CS, Ferreira Torres IR, de Miranda Barros Gomes MC, Lopes de Almeida Gentil Schneider KN, Duarte Ávila F, Schwartz E. UM ORGANIZAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO NA ASSISTÊNCIA A CRIANÇAS COM DOENÇAS CRÔNICAS: UM ESTUDO REFLEXIVO. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 9º de junho de 2024 [citado 23º de junho de 2024];98(2):e024335. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/2051

Edição

Seção

ARTIGO DE REFLEXÃO