Nursing Activites Score: avaliando a carga de trabalho de enfermagem no cuidado intensivo

Nursing activites score: assessing the load of nursing work in intensive care

Palavras-chave: Unidade de Terapia Intensiva; Carga de Trabalho; Assistência de Enfermagem; Cuidados Críticos; Enfermagem;

Resumo

Objetivo: mensurar a carga de trabalho de enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva Adulto por meio da Nursing Activites Score, identificar o perfil dos pacientes, bem como dimensionar o número de profissionais de enfermagem.  Método: estudo transversal, descritivo-exploratório, de abordagem quantitativa, desenvolvido em uma UTI Adulto no interior do Rio Grande do Sul. O escore foi aplicado uma vez ao dia durante o período de um mês, após realizou-se análise estatística. Resultados: A pontuação média encontrada foi de 62,14 pontos, equivalente a uma média de 14,91 horas de assistência por paciente nas 24 horas. Constatou-se que o processo de trabalho da enfermagem era realizado por quatro enfermeiras e 24 técnicos de enfermagem. Conclusão: Identificou se uma alta carga de trabalho de enfermagem, sendo que o quadro de pessoal é inadequado conforme estabelecido pelo Conselho Federal de Enfermagem, porém atende ao que estabelece a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Biografia do Autor

Bruna Letícia da Silva, Hospital Santa Cruz/Associação Pró Ensino de Santa Cruz do Sul

Especialista em Urgência, Emergência e Terapia Intensiva através do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Hospital Santa Cruz, Rio Grande do Sul;

Mari Ângela Gaedke, Universidade de Santa Cruz do Sul

Doutora em Saúde Coletiva, Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade de Santa Cruz do Sul e tutora da Residência Multiprofissional em Saúde do Hospital Santa Cruz, Rio Grande do Sul;

Publicado
2019-09-26
Como Citar
DA SILVA, B.; GAEDKE, M. Nursing Activites Score: avaliando a carga de trabalho de enfermagem no cuidado intensivo. Revista Enfermagem Atual InDerme, v. 89, n. 27, 26 set. 2019.