COMPLICAÇÕES DO DIABETES NO ESTADO DE MINAS GERAIS NO PERÍODO DE 2012 A 2013

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1132

Palavras-chave:

Palavras-chave: Diabetes Mellitus. DATASUS. Complicações.

Resumo

Objetivo: Levantar os dados contidos no DATASUS sobre as complicações micro e macrovasculares decorrentes do Diabetes Mellitus do tipo 1 e 2 em pacientes cadastrados no programa HIPERDIA de Minas Gerais nos anos de 2012/2013 e, a partir desses dados, identificar qual das comorbidades decorrentes do diabetes prevalece no estado. Metodologia: A metodologia utilizada no estudo é de caráter quantitativo, exploratório e descritivo. Dentre as complicações
micro e macrovasculares foram identificados dados relativos ao Infarto Agudo do Miocárdio, Doença Renal Crônica, Pé diabético e número de amputações dos pacientes assistidos nos centros HIPERDIA de Minas Gerais. Resultados: Constatou-se que há maior incidência de diabetes tipo 2 entre pacientes do sexo feminino pertencentes à faixa etária entre 50-54 anos e o infarto agudo do miocárdio foi a complicação com maior número de pacientes registrados.
Conclusão: Concluiu-se a importância do controle do Diabetes Mellitus a fim de evitar suas complicações e ainda, a necessidade de registro e análise dos dados cadastrados, pois através destes pode-se avaliar a realidade do estado e propor intervenções que possam minimizar ou evitar a incidência das complicações.
Palavras-chave: Diabetes Mellitus. DATASUS. Complicações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-05-09

Como Citar

1.
OLIVEIRA PSD, Câmara Dias JL, Nascimento Nunes RL, de Oliveira PA, Magalhães PG de A. COMPLICAÇÕES DO DIABETES NO ESTADO DE MINAS GERAIS NO PERÍODO DE 2012 A 2013. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 9º de maio de 2022 [citado 27º de junho de 2022];96(38):e-021245. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/1132

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL