Categoria dos Manuscritos

EDITORIAL

Serão realizados a convite. O texto não deve ultrapassar 1.000 palavras, excluídas referências e ilustrações. O número total de ilustrações é 1, e as referências bibliográficas não devem exceder 12. Recomenda-se de 1 a 3 páginas e até 4 autores.

ARTIGOS ORIGINAIS

São artigos nos quais são informados os resultados obtidos em pesquisas originais, utilizando abordagens quantitativas ou qualitativas, cujo foco seja os processos de coleta, análise e interpretação dos dados. Estão incluídos nesta categoria: ensaios clínicos randomizados, estudos de caso-controle, coorte, prevalência, incidência, estudos de acurácia, estudo de caso, estudos qualitativos e quantitativos. Como estrutura, devem apresentar introdução, método, resultados, discussão, conclusão e referências. As figuras, tabelas e gráficos somados não devem ultrapassar o número de cinco. A aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) é obrigatória e deverá ser citada no final do Método. Recomenda-se de 12 a 15 páginas, mínimo 20 e máximo 30 referências e até 8 autores.

ARTIGOS DE REVISÃO

Utiliza métodos sistemáticos e critérios explícitos para identificar, selecionar e avaliar criticamente pesquisas relevantes, e para coletar e analisar dados dos estudos incluídos na revisão. Devem ser descritos os tipos de revisão, os métodos e procedimentos adotados para a realização do trabalho. A interpretação e conclusão dos autores devem estar presentes. Estão incluídos nesta categoria: revisão sistemática com e sem meta-análises, revisão sistemática tipo escopo, revisão integrativa e revisão narrativa. Como estrutura, devem apresentar introdução, método, resultados, discussão, conclusão e referências. As figuras, tabelas e gráficos somados não devem ultrapassar o número de cinco. Recomenda-se de 15 a 20 páginas, mínimo 20 e máximo 25 referências e até 8 autores.

ARTIGO DE OPINIÃO

Trata-se de opinião qualificada dos autores sobre temas específicos. Serão publicados por solicitação dos editores ou não. Não necessita de resumos. Deve apresentar introdução, desenvolvimento (com subseções, quando for o caso), conclusão e referências. Recomenda-se de 1 a 3 páginas e até 4 autores. No ato da submissão, é obrigatória a inserção de um resumo no sistema, mesmo que não conste no arquivo por não ser quesito exigido na categoria. As figuras, tabelas e gráficos somados não devem ultrapassar o número de três.

ARTIGO DE REFLEXÃO

Formulação discursiva aprofundada, focalizando conceito ou constructo teórico da Enfermagem ou de área afim; ou discussão sobre um tema específico, apresenta e analisa diferentes pontos de vista, teóricos e/ou práticos. Sua estrutura deve conter: resumos e descritores (de 3 a 4 palavras), introdução, objetivos, metodologia, desenvolvimento, conclusão ou considerações finais e referências. Recomenda-se de 4 a 8 páginas, mínimo 6 e máximo 10 referências e até 6 autores.

ARTIGO DE COMUNICAÇÃO BREVE

Experiências originais cuja relevância para o conhecimento do tema justifique a apresentação de dados iniciais de pequenas séries, ou dados parciais de ensaios clínicos. Devem apresentar introdução, método, resultados, discussão, conclusão e referências. As figuras, tabelas e gráficos somados não devem ultrapassar o número de 3. Recomenda-se de 4 a 8 páginas, mínimo 6 e máximo 10 referências e até 6 autores.

RELATOS

Relato de Caso, Experiência e/ou Inovação Tecnológica: Estudo em que se descreve uma situação da prática e ou inovação tecnológica (ensino, assistência, pesquisa ou gestão/gerenciamento), as estratégias de intervenção e a avaliação de sua eficácia, de interesse para a atuação profissional. Sua estrutura deve conter: resumos e descritores (de 3 a 4 palavras), introdução, objetivos, material e método, resultados, discussão ou (resultados e discussão), conclusão ou considerações finais e referências. Recomenda-se de 10 a 11 páginas, mínimo 10 e máximo 15 referências e 8 autores.

NOTA PRÉVIA

Resumos de trabalho de conclusão de curso, dissertações ou teses. Deve ser escrito na forma de resumo expandido estruturado contendo Introdução, Objetivos, Métodos e Resultados. Recomenda-se de 5 a 10 páginas, mínimo 6 e máximo 10 referências e até 5 autores.

CARTAS AO EDITOR

São sempre altamente estimuladas. Em princípio, devem comentar, discutir ou criticar artigos publicados na Revista, mas também podem versar sobre outros temas de interesse geral. Recomenda-se 5 a 10 páginas, no máximo 6 referências e até 4 autores. Sempre que possível, uma resposta dos autores será publicada junto com a carta.